Violência doméstica!

caes_violenciadomestica.JPGE você julga que a violência doméstica só diz respeito às pessoas da casa? Desengane-se!

Violência doméstica é tudo o que for usado para perturbar os direitos de pessoas ou animais.

O que dizer de quem acorrenta animais e os deixa lá ficar meses e anos a fio?

Ainda que a alimentação e água não faltem, então e a liberdade? O que é feito das correrias, da alegria de viver, das cambalhotas no ar, dos saltos e investidas quando os donos chegam?

O que é feito do farejamento em todos os cantinhos, da casa e do quintal, das corridas atrás dos pequenos animais, das brincadeiras com as bolas e brinquedos?

 

Se o seu animal perturba as plantas e flores do quintal ou jardim, meta umas redes. Vai ver que não custa muito se usar um pouco de imaginação e trabalho. Vale a pena!

Eduque o animal para que não estrague e ensine-o a usar os corredores e caminhos ladeados de redes.

Verá que ele aprende e será um animal feliz.

 

Os animais não foram criados para estarem acorrentados. A sua saúde ressente-se.

Se quer um animal quieto e sem vida, compre um peluche. Se for de corda ou pilhas, melhor ainda. Assim poderá entreter-se e deixar os que têm vida expandir-se à vontade.

O meu jardim é bonito e sempre tive animais. Levo os cães à rua para que façam os chichis e cocós tal como se não tivesse quintal nem jardim.

 

Se tem um gato, dê-lhe troncos e arranhadores porque ele tem necessidade de afiar as unhas.

Se tem um cão ensine-o e treine-o a obedecer e não estragar os pertences do dono. Eles sabem distinguir aquilo de que os donos gostam e podem aprender a respeitar.

As crianças também aprendem e, mesmo assim, fazem maroteiras.

Prepare-se para isso mas, por amor de Deus, não castre a alegria do seu animal de estimação, castre sim, o animal, mas para que não procrie sem necessidade.

Se não gosta dele, ofereça-o a quem o estime. Será um bem para si e para ele.

---------------

Laura

*TAGS são temas do blog :
publicado por LauraBM às 23:07